Intercâmbio de Trabalho

Intercâmbio de Trabalho – Como Funciona

Muita gente sonha em visitar outro país, conhecer uma nova cultura, comer coisas diferentes, fazer amigos, tirar muitas fotos e voltar para o Brasil. Mas tem pessoas que sonham em trabalhar em outro país, ter essa experiência, e aqui você descobrirá como é possível. O intercâmbio de trabalho tem atraído muitas pessoas que buscam por melhores oportunidades de emprego, aliadas a um estudo eficiente do idioma. Se você é uma dessas pessoas, deve continuar lendo o artigo, porque as informações aqui são valiosas. Vamos lá?

Intercâmbio de Trabalho
Uma ótima oportunidade para baratear seu intercâmbio é também trabalhar no exterior durante o período de estudo.

Como Funciona o Intercâmbio de Trabalho

Quem está a procura de trabalhar no exterior através do intercâmbio deve procurar uma agência que tenha parcerias para essa modalidade de intercâmbio. A agência ira direcionar você para a melhor opção dentro da sua necessidade. A escola de idiomas fará o trabalho de ensinar a língua nova, geralmente não tem ligação com o trabalho.

Você receberá o visto de trabalho porém as agências costumam exigir também o visto de estudante.

Para que você consiga uma vaga de emprego no exterior é indicado que você saiba a língua desejada no nível intermediário e tenha concluído o ensino médio. A indicação do nível da língua é para que você consiga desenvolver seu trabalho de forma natural e isso acabe se torna um impecílio para o empregador.

A Austrália, Nova Zelândia e Irlanda costumam ter muitas oportunidades, sendo as vagas de emprego em setores da hotelaria (são concentradas o maior número de vagas), tecnologia da informação, administração, engenharia e marketing (é exigido experiência profissional ou formação) e estágios.

Para essa modalidade de Trabalho e Intercâmbio há uma idade já estipulada que vai de 18 até 30 anos no máximo.

Irlanda

Se você vai viajar para a Irlanda para estudar e trabalhar, pode ser uma das melhores oportunidades que você tem. Você retira a licença no país, não precisando do visto antes. O trabalho apenas é permitido para alunos que se matriculam em cursos de pelo menos 25 semanas, que dão seis meses. Outras informações são:

  • Só é possível trabalhar até 20 horas semanais;
  • Quando você terminar o curso, pode ficar ainda 8 semanas de férias no país, podendo trabalhar 40 horas por semana nesse período.
  • A média salarial é de € 8 por hora, que atualmente dá cerca de R$ 31,30.
  • Para ficar no país, você precisa do curso, seguro-saúde, passagem aérea de ida e volta, passaporte válido, indicação da moradia e € 3.000,00 no banco.

Austrália

Você consegue a garantia de permissão do trabalho assim que o visto é aprovado. Ele precisa ser emitido com no máximo 3 meses antes da viagem. Mais informações são:

  • Só é permitido trabalhar para quem for estudar por pelo menos 14 semanas, 3 meses.
  • Se você está estudando e quer trabalhar, precisa ser até 40 horas quinzenais.
  • A média salarial é AUD$ 15 por hora, que atualmente dá cerca de R$ 38,00.
  • Você vai precisar entregar o formulário, a taxa de visto, o passaporte válido, comprovante escolar, exames médicos, extratos bancários e os últimos três holerites ou contracheques.

Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um lugar legal de se estudar e trabalhar. Talvez pelo fato de haver cenários deslumbrantes que te fazem querer explorar o lugar no seu tempo livre. É ideal para quem gosta de ambientes calmos, tanto porque o local não é muito povoado. As informações para trabalho estão embaixo:

  • Para trabalhar até 20 horas por semana, o estudante terá que estar fazendo um curso com pelo menos 14 semanas.
  • A média salarial é de NZD$ 15 por hora, o que dá atualmente cerca de R$ 34,90.
  • Se você busca por um diferencial, o encontrará aqui. Quem cursar 12 meses no país pode trabalhar em período integral.
  • Se você quer tirar o visto para entrar na Nova Zelândia, precisa do formulário do estudante, de passaporte válido, comprovação financeira, comprovante do pagamento integral do curso, garantia do local onde vai morar, passagem aérea de ida e volta e dos exames médicos.

Espero que tenha se interessado por alguma das propostas. Veja abaixo o vídeo onde o Caio conta como foi sua experiência em trabalhar na Flórida:

2 thoughts to “Intercâmbio de Trabalho – Como Funciona”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *